Vendas

Implantação do Código de Barra

Implante código de barras de seu produto com apoio do Sebrae.

Objetivo:

A consultoria em Código de Barras auxilia o empresário no registro, entendimento e geração dos códigos de barra junto ao GS1. O Sistema GS1 é uma proposta de padronização multissetorial e global de processos para gestão eficiente das cadeias de suprimentos. É um conjunto de padrões utilizados em mais de 150 países, por milhões de empresas, em dezenas de setores da indústria.

 

Por favor, preencha as questões abaixo para que seja possível continuar o pedido.
    • R$
    • R$
    • R$
    • R$
    • R$
    • R$
    • R$
    • R$

R$ 1.284,00

Divida sem juros no cartão
SOLICITAR PROPOSTA
Quem comprou, recomenda!

ENTREGAS:

a) Relatório Técnico de Diagnóstico;

b) Relatório Técnico Final contendo bases e premissas utilizadas, tarefas executadas, resultados obtidos, contendo imprescindivelmente a análise de necessidade de adaptação de tecnologia, oportunidades de melhoria, plano contendo ações a serem executadas, recomendações e conclusões. Além disso, deve indicar os ajustes necessários para o controle dos itens e para a implantação e uso do código de barra, instruções básicas para a solicitação do código, instruções para cadastro e orientação sobre organização e impressão dos códigos.

SAIBA MAIS:

São Etapas da Consultoria:

 

ETAPA 01 | ALINHAMENTO DA PROPOSTA

1.1 Realizar reunião de abertura junto ao cliente, para nivelamento do escopo do trabalho e validação do planejamento de execução dos serviços, composto de cronograma resumido com os principais eventos, agendas de reuniões e definição dos responsáveis pelo acompanhamento dos serviços por parte do cliente e da prestadora de serviço tecnológico. Ferramentas como entrevista com o cliente são importantes como forma de obter informações necessárias para fundamentar a entrega proposta.

 

ETAPA 02 | AVALIAÇÃO PARA IMPLANTAR CÓDIGO DE BARRA

2.1 Diagnóstico e avaliação dos seguintes aspectos da empresa, quando aplicáveis:

• Listar todos os produtos que devem ter códigos de barras gerados;

• Avaliar a tecnologia existente na empresa para operação de leitura de códigos de barras, CASO APLICÁVEL;

• Avaliar a lista de produtos e quais os tipos de códigos de barras mais indicados para cada categoria de produto.

 

ETAPA 03 | CONSULTORIA DE IMPLANTAÇÃO DE CÓDIGO DE BARRAS

3.1 Com base no(s) diagnóstico(s) realizado(s) na etapa anterior, deve-se organizar as informações e orientar a empresa para o processo de implantação de código de barras, como recomendado:

• Com base nas características dos códigos a serem criados e propostos, verificar se há necessidade de adaptação de tecnologia;

• Criar, no sistema GS1 Brasil, os códigos identificados;

• Acessar sistema para criação dos códigos identificados. O Cliente deve estar atento que o acesso ao sistema GS1 Brasil, não é gratuito, necessitando de pagamento de anuidade para utilização dos serviços. É imprescindível que o cliente se associe (média de R$ 350,00 por ano), para que ele mesmo possa atualizar seus códigos futuramente.

Observação: Os custos com a associação não são contemplados pelo SEBRAETEC;

• Realizar reunião de fechamento com o empresário e grupo de pessoas envolvidas durante a elaboração do trabalho, através da apresentação de relatório final.

OBSERVAÇÃO:

1. A consultoria será realizada 100% remota.

2.  É imprescindível que o cliente se associe sistema GS1 Brasil (valores podem ser acessados por meio do link https://www.gs1br.org/filiacao-online/tabela-de-valores ), para que ele mesmo possa atualizar seus códigos futuramente. Os custos com a associação não são contemplados pelo SEBRAETEC.

3.  No caso do Produtor Rural, é obrigatório que ele disponha de Inscrição Estadual (SINTEGRA), ou Carteira de Produtor Rural, ou CNPJ como MEI/ ME /EPP. A GS1 não aceita, para cadastro como Produtor Rural, apenas NIRF ou DAP.

 

BENEFÍCIOS:

• Adequação dos produtos as exigências do mercado;
• Automação de processos produtivos (logística, vendas; controles de inventários, contábeis, transporte e expedição de produtos, etc);
• Confiabilidade de rotinas, possibilitando inclusão de diversas informações referentes a todas as cadeias dos processos aos quais o produto estará exposto;
• Rapidez na execução de rotinas operacionais;
• Padronização de processos. Padrão utilizado em mais de 150 países;
• Aumento da competitividade;
• Conquista de novos mercados.

ATENDE AOS SETORES:

Comércio, Indústria, Serviço

ATENDE AOS SEGMENTOS:

Todos.

PÚBLICO ALVO:

Empresa de Pequeno Porte, Microempresa, Produtor Rural